quarta-feira, 3 de outubro de 2018

COBERTURA DAS ELEIÇÕES 2018





Sistema Litoral de Comunicação estará transmitindo ao vivo no Facebook do Iran Costa e em conexão com a Litoral FM 87,9 de Maracajaú.
Fique por dentro das eleições 2018, com notícias, vídeos, fotos e o perfil dos candidatos.
Acompanhe nossa cobertura e saiba o resultado das eleições 2018.
Participação de convidados e candidatos ao pleito eleitoral.

Contamos com sua honrosa audiência!!!

#eleicoes2018
#sistemalitoraldecomunicacao
#noticiacomcredibilidade

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Jornal O Litoral – Setembro de 2018




















Jornal O Litoral – Setembro de 2018
Informando e Opinando

Seja mais um assinante:
(84) 99482-9967 / 99673-9583 / 99226-5202
litoralnoticias_1@hotmail.com
iran_junior1@hotmail.com

Divulgue seu empreendimento comercial pelo menor preço em mídia jornalística e maior divulgação na região!

domingo, 9 de setembro de 2018

Movimentação Política


Candidato à Deputado Estadual Souza e à Deputado Federal Benes Leocádio recebem o apoio dos cidadãos cearamirinenses através do vereador Marcos Farias

Aconteceu um grande encontro com mais de mil cidadãos cearamirinenses no espaço de Idiana Recepções que fica localizado na Prisco Rocha na sede do município de Ceará-Mirim e toda esta mobilização se fez através dos amigos e correligionários do vereador Marcos Farias para prestar o total apoio aos candidatos à Deputado Estadual Souza e ao Deputado Federal Benes Leocádio. Na ocasião estiveram presentes ex-vice prefeito e ex-vereador Sebastião Cruz, bem como seu pai, eterno presidente de honra do Sindicato dos Trabalhadores de Ceará-Mirim Zé da Cruz, ex-vereador e jornalista Iran Costa, vereador João dos Ônibus, filho do candidato à Deputado Federal Benes Leocádio também esteve presente, autoridades do município e principalmente, cidadãos cearamirinenses que apoiam a reeleição do Deputado Estadual Souza e ao candidato à Deputado Federal Benes Leocádio.
“Estamos vivendo um momento importante em nossa cidade, pois observamos que os cearamirinenses apoiam a reeleição do Deputado Estadual Souza e ao candidato à Deputado Federal Benes Leocádio, bem como acreditam e acompanham o mandato do vereador Marcos Farias em todas as ações já realizadas durante este período legislativo”, ressalta o vereador Marcos Farias e ainda agradeceu a todos os amigos e amigas que compareceram a este momento grandioso.
Estiveram presentes os cidadãos das comunidades de Massangana, Tabuão, Raposa, Nova Esperança, Oitizeiro, Lagoa do Cosmo, São Miguel, Santa Paula, Nova Ceará-Mirim e a todos que residem na sede do município de Ceará-Mirim.

Os candidatos que o vereador Marcos Farias apoia, são:
- Deputado Estadual Souza 31000
- Deputado Federal Benes Leocádio 3666
- Governadora Fátima Bezerra 13
- Senadora Zenaide 313





Assessoria do Vereador
Marcos Farias-PHS

domingo, 2 de setembro de 2018

Jornal O Litoral – Agosto de 2018


















Jornal O Litoral – Agosto de 2018

Informando e Opinando

Seja mais um assinante:
(84) 99482-9967 / 99673-9583 / 99226-5202
litoralnoticias_1@hotmail.com
iran_junior1@hotmail.com

Divulgue seu empreendimento comercial pelo menor preço em mídia jornalística e maior divulgação na região!

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Excelente final de semana...

Bens declarados
Patrimônios dos candidatos a governador do RN variam de zero a R$ 10,5 milhões
À frente dos outros sete adversários, governador Robinson Faria (PSD) é o candidato mais rico a disputar a eleição para o Governo do Rio Grande do Norte.

O governador Robinson Faria, candidato à reeleição pelo PSD, declarou à Justiça Eleitoral ter um patrimônio avaliado em mais de R$ 10,5 milhões. À frente dos outros sete adversários, ele é o candidato mais rico a disputar a eleição para o Governo do Rio Grande do Norte.
Segundo a declaração apresentada ao Tribunal Regional Eleitoral, o patrimônio de Robinson está distribuído em bens imóveis, aplicações financeiras, depósitos bancários, veículos e ações. O valor declarado (R$ 10,5 milhões) é superior ao que foi apresentado à Justiça em 2014, quando o governador disse ter R$ 8,3 milhões.
O segundo candidato mais rico na disputa para o Governo é Carlos Alberto Medeiros (PSOL). O socialista declarou à Justiça Eleitoral ter patrimônio avaliado em R$ 4,9 milhões – composto também por bens imóveis, aplicações financeiras, depósitos bancários, veículos e ações. Candidato a vice-prefeito de Natal em 2012, Carlos Alberto disse ter R$ 2,5 milhões àquela época.
Na terceira posição, aparece Carlos Eduardo Alves (PDT). Ele declarou ter atualmente R$ 3,5 milhões, valor superior aos R$ 1,9 milhão declarados em 2016, quando o pedetista disputou a Prefeitura do Natal.
Depois dele, surge Brenno Queiroga (Solidariedade), com R$ 975 mil de patrimônio – distribuídos em veículos, cotas de capital e bens imóveis.
Primeira colocada nas pesquisas de intenção de voto, Fátima Bezerra (PT) declarou ter patrimônio de R$ 807 mil. Ela é a quinta (de oito candidatos) com maior valor em bens. Ela declarou ter R$ 558 mil em 2014, quando venceu a disputa para o Senado.
CONFIRA O PATRIMÔNIO DE TODOS OS CANDIDATOS

1° Robinson Faria (PSD) – R$ 10.586.005,00
2° Carlos Alberto Medeiros (PSOL) – R$ 4.922.716,02
3° Carlos Eduardo Alves (PDT) – R$ 3.522.502,89
4° Brenno Queiroga (Solidariedade) – R$ 975.000,00
5° Fátima Bezerra (PT) – R$ 807.668,42
6° Dário Barbosa (PSTU) – R$ 215.000,00
7° Freitas Júnior (Rede Sustentabilidade) – R$ 1.103,20
8° Heró Bezerra (PRTB) – Não declarou bens


Humildade à soberba!

A disputa por espaço político, seja em qualquer esfera, mostra, muitas vezes, do que os atores políticos são capazes. Evidente que, conquistar, ampliar, ocupar e permanecer com seus espaços políticos, é intrínseco do agente político com ou sem mandato que, na maioria das vezes, enxerga apenas e tão somente o ‘nariz’, nenhum palmo além dele.

Quando se tenta esses espaços, de qualquer forma, sem o mínimo de racionalidade, apenas por afogadilhos, deixa-se de levar em consideração situações macros, com isso, não se leva a efeito as consequências e sim, não as causas!

Municípios em que situação de ‘ganancia’ pelo poder - olha que tem muitos, o agente político tomar para si os interesses pessoais em detrimento dos comum, do coletivo, fica claro que, em grande parte busca resguardar algo que, aos olhos da população, parece preocupante.

Sempre, sempre houve e haverá, disputas entre grupos políticos, ainda mais, quando uma gestão deixa a desejar em seus atos administrativos. Buscar maioria nas casas legislativas, tentando inclusive, colocar seus aliados em ‘cheque’, é inerente aos que pretendem impor de forma autoritária vontades, repito, pessoais, em detrimento ao conjunto da ‘Opera’, ou seja, da sociedade que a todo momento exige transparência e decência da coisa pública.

Como diz a máxima: “Vão-se os anéis, ficam os dedos”! Portanto, hora de todos, absolutamente todos, nesse momento traumático, colar seus projetos pessoais e vontades individuais à mesa, deixando-os de lado, e, mesmo que pareça tarde, darem as mãos de forma republicana e caminhar para um entendimento na construção de uma cultura de PAZ. É possível sim, desde que a soberba dê lugar a humildade.  

  

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

De volta para melhor informar...

Entrevista: Gláucio Tavares


Pré-candidato a deputado federal de Ceará Mirim diz que Congressistas do RN devem ser demitidos 


01 - Quem é o pré-candidato a deputado federal Gláucio Tavares?
G. T. - É um pré-candidato a deputado federal de Ceará Mirim, filho de Dudu da Mercearia e Amélia Tavares, que diante da patifaria feita pelos atuais deputados federais da bancada do Rio Grande do Norte, vem a disponibilizar o seu nome para deputado federal com objetivo de trabalhar com zelo e dedicação, precipuamente, em prol do nosso Município e Região do Mato Grande. Pretendo colaborar na Câmara Federal para que a política atenda a necessidade das pessoas que mais precisam do aparato governamental, em contraposição a grande maioria dos atuais deputados federais do RN que se colocaram sistematicamente contra os anseios populares, ao lado do governo golpista e corrupto de Temer. Sou farmacêutico formado pela UFRN e Bacharel em Direito formado pela UERN, com pós-graduação em Direito Penal e Direito Tributário. Conto com experiência tanto na área de saúde pública, pois já atuei como farmacêutico concursado da Prefeitura de Taipú, quanto na seara jurídica, como servidor concursado da Justiça estadual. Importa ressaltar, ademais, que sou um pré-candidato com a ficha limpíssima porque jamais fui réu em nenhum processo penal, cível ou administrativo. Além disso, defendo a idéia que as pessoas que convivem em Ceará Mirim e Região votem em candidatos a deputado da nossa Terra, tendo em vista que os outros municípios do RN, do porte de Ceará Mirim, elegem seus deputados, só Ceará Mirim não. Isto é muito prejudicial para a defesa dos interesses da nossa Região e para o desenvolvimento da nossa comunidade.


02 - Gláucio, por que você vai ser candidato a deputado federal? Por que não candidatura a deputado estadual? Não seria mais fácil?


O desejo de ser candidato a deputado federal surgiu da indignação com a atuação dos atuais representantes do RN no Congresso Nacional. Eles são péssimos. Votaram sistematicamente contra os interesses do povo. Se alinharam ao golpe da quadrilha de Temer e Eduardo Cunha. Além disso, muitos deles são envolvidos em corrupção, como o deputado Fabio Farias, que é suspeito, juntamente com o pai, o governador Robinson Farias, de ter recebido dinheiro sujo da JBS, cerca de dez milhões de reais, conforme revelado na delação do executivo Ricardo Saud; Rogério Marinho é outro que responde processo por crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro; José Agripino não fica de fora, responde por crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro... Os atuais protagonistas da política do RN devem ser demitidos pelo povo.

03 - Gláucio, você entrou nessa disputa com o propósito de vitória, ou quer só ganhar notoriedade para as próximas eleições?


G. T. - Entrei na disputa para ganhar e ser o deputado federal da nossa Terra. Fui candidato a deputado em 2010 e depois não fui candidato mais a nada. Não se trata de busca de notoriedade. Não tem plano B. Isto porque, o meu partido, o PSOL, por ser um partido que tem 12 pré-candidatos a deputado federal em igualdade de condições, sem nenhum ser político com as mãos sujas, respondendo processos ou denúncias de corrupção, terá um crescimento significativo nestas eleições de 2018. Vislumbramos, com isso, que o PSOL alcance o coeficiente eleitoral do cargo de deputado federal. Nesse contexto, estou na disputa, mesmo promovendo uma eleição limpa, sem os vícios da política tradicional, porque estou competindo com pessoas com capital político semelhante. Nós representamos a renovação dessa política podre das oligarquias, de cargos repassados de pais para filhos, com a prática hedionda de compra de votos, aproveitando-se da miséria da nossa gente. Contudo, há algo mais especial a ser conquistado. Estamos dando continuidade ao processo de superação do complexo de inferioridade que impedia um cidadão de Ceará
Mirim pensar em defender a nossa Região nas casas legislativas, seja na Assembleia estadual ou Câmara Federal. No cenário político atual, há viabilidade em concretizar o nosso sonho de representar nossa Terra na Câmara Federal.


04 - O eleitor evoluiu a ponto de eleger candidatos sem a prática de compra de votos? E as lideranças locais vão ter sucesso em transferir votos para candidatos de outras regiões?

G. T. - Na minha óptica, a consciência do eleitor evoluiu muito com o amplo acesso aos meios de comunicação, como por exemplo o seu blog, Facebook, Whatsapp etc. Houve uma democratização da informação, de modo que os malfeitos dos políticos canalhas dificilmente ficam abafados por muito tempo. E isso está ensejando uma evolução na consciência crítica do eleitor. Por outro lado, o abuso do poder econômico nas eleições tende a ser menor: uma porque, com o aumento da fiscalização da sociedade, exigindo maior transparência no manejo do erário público e a proibição da doação de empresas a candidatos, o dinheiro sujo nas eleições será menor, de forma que a compra de votos diminuirá. Além disso, a maior conscientização política dos eleitores suplanta a eficácia da compra de votos, pois cada vez mais parcela maior do eleitorado do balcão de votos vão receber os donativos da corrupção, mas não vão votar nos corruptores. No âmbito local, o que venho percebendo é que o povo de Ceará Mirim não está à toa, disposto a votar em qualquer candidato porque é o candidato indicado pelo prefeito ou pelo vereador cicrano ou beltrano. Tem que se explicar porque há de se votar em um determinado candidato a deputado federal ou estadual. Nesse passo, verifica-se que a dificuldade para apresentar candidatos alienígenas é de todas as lideranças políticas. Tenho observado que a vontade livre do povo de Ceará Mirim é votar em um candidato a deputado federal ou estadual do nosso convívio.


05 – Quais suas propostas de atuação no Congresso Nacional?


G. T. – A nossa plataforma de trabalho tem como centro o combate a imensa desigualdade social que marca o Brasil. Nós vivemos em que país rico, que tem condições materiais de promover uma vida digna a todos os seus compatriotas.
O patrimônio do Brasil, com muitas terras agricultáveis, água doce em abundância, incontáveis riquezas minerais, dentre as quais desponta uma das maiores reservas de petróleo do mundo, não combina com a pobreza da população do nosso país. A pobreza no Brasil é uma decisão política. O sistema financeiro da dívida pública suga toda a riqueza da nação, tornando precários os serviços públicos e, por fim, resulta no caos social vivenciado por nossa geração. O orçamento, que era para ter como prioridade garantir serviços públicos de qualidade, destina mais de 50% para o denominado “pagamento e rolagem da dívida pública”, que é um poço sem fundo, um esquema imoral de subtrair a riqueza da nação e que serve como pano de fundo para justificar contenções de investimentos nos serviços públicos, provocando, por fim, a estúpida concentração de renda do Brasil. Nesse cenário, pretendemos votar projetos a favor da melhoria dos serviços públicos. De imediato, estaremos a favor da revogação da agenda golpista de Temer, o que impôs retrocessos nas conquistas sociais e desenvolvimentista do Brasil. Devemos, pois, no Congresso Nacional, propor a revogação da Emenda Constitucional n° 95/2016, a EC da morte, que limita o investimento em serviços públicos no importe do orçamento de 2017 até 2038. Com isso, os serviços públicos de educação, saúde e segurança pública, que já são insuficientes, ficarão gradativamente piores, e tudo para destinar mais dinheiro para os banqueiros. Trabalharemos também para a revogação da Lei do Repreto e a repristinação da Lei de Partilhas, de modo que novamente os frutos oriundos da exploração do petróleo brasileiro sejam compartilhados por toda nossa gente, destinando-os a melhoria da educação e da saúde, e não entregues a petroleiras internacionais. Defendemos a revogação da Reforma Trabalhista, que retirou mais de cem direitos dos trabalhadores, precarizando os contratos de trabalho e causando mais de 280 mil demissões. Buscaremos a extinção da Desvinculação de Receitas da União, renovada pela Emenda Constitucional n° 93/2016, que retira grande parte das contribuições sociais para o buraco sem fim da dívida pública, novamente em benefício dos banqueiros, e confere a falsa impressão de que a Previdência Social é deficitária. Além desses pontos, lutaremos com unhas e dentes para trazermos investimentos para nossa Terra, através de emendas parlamentares entre outra possibilidade de atuação. Em resumo, eu serei um candidato
transparente, que sabe o que vai fazer. O eleitor pode me escolher sabendo que tenho conteúdo e trabalho a desenvolver.

06 – Em quem Gláucio pretende votar para presidente da República e governador do RN?


G. T. - Voto nos candidatos do PSOL. Temos para presidente Guilherme Boulos, grande ativista dos movimentos sociais, além de ser muito preparado; para governador do RN, o Professor Carlos Alberto, também muito preparado e com propostas firmes e executáveis para retirar o RN desse caos provocado pelo governador Robinson Farias e sua turma. O PSOL apresenta também, para o Senado, o Professor Lailson e a Professora Telma Gurgel. Aqui em Ceará Mirim, o PSOL apresenta a Professora e ambientalista Ana Cristina como candidata a deputado estadual, bem como o aguerrido sindicalista e vereador de Natal, o também filho de Ceará Mirim Sandro Pimentel.

07 - Deixe uma mensagem para o eleitor que ainda não sabe em quem votar para Deputado Federal.


G. T. - Primeiro, o eleitor não deve trocar, nem vender, nem jogar fora o seu voto. Ele é um instrumento que permite a alternância de poderes e pode retirar os políticos picaretas e descompromissados da política. Reverberando o Movimento contra a Corrupção Eleitoral – Voto não tem preço, tem conseqüência. Em segundo momento, reflita se vale a pena votar em candidatos a deputado que não têem ligação nenhuma com a nossa Terra e que só aparecem de 04 em 04 anos, levam o voto de Ceará Mirim e Região do Mato Grande, muitas vezes se aproveitando da pobreza de nossa gente, comprando votos, e vão embora; quando têem oportunidade de fazer algo, fazem, é lógico, pelas suas comunidades. Por tudo isso, vote em um candidato a deputado que conviva em nossa comunidade, mas não só isso, também que esteja preparado para exercer a função de deputado ao lado do povo, sem envolvimento com o lado sujo e golpista da classe política.

Ceará Mirim, 02 de agosto de 2018.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Jornal O Litoral – Julho de 2018

















Jornal O Litoral – Julho de 2018

Informando e Opinando

Seja mais um assinante:
(84) 99482-9967 / 99673-9583 / 99226-5202
litoralnoticias_1@hotmail.com
iran_junior1@hotmail.com

Divulgue seu empreendimento comercial pelo menor preço em mídia jornalística e maior divulgação na região!